Taxista com suspeita de coronavírus é encontrado morto em Porto Velho

Nenhum comentário


Nesta quarta-feira (8), um taxista idenficado por Leão, 65 anos, foi encontrado morto no próprio apartamento localizado no bairro Nova Porto Velho da capital rondoniense.


A Prefeitura de Porto Velho considera o homem como vítima do novo coronavírus. Leão, trabalhava na rodoviária da capital transportando passageiros entre Ponta do Abunã e Rio Branco (AC).


De acordo com informações da assessoria da prefeitura, a vítima vinha se queixando aos vizinhos que sentia febre, falta de ar e febre (sintomas apresentados pelo Covid-19). Ele havia feito o teste do coronavírus ontem (07/04) e hoje sairia o resultado.


"O homem não tem parentes na capital. Nós estamos apurando se ele procurou atendimento em UPAs durante as últimas três semanas. Ainda estamos apurando as informações e mais tarde vamos atualizar com um boletim da divisão de vigilância sanitária", informou a assessoria da prefeitura.


O taxista será sepultado seguindo os protocolos de segurança para evitar qualquer transmissão, ou seja, terá o caixão lacrado e enterrado em área isolada do cemitério.

Foto: Divulgação
DA REDAÇÃO






Nenhum comentário

Postar um comentário