SBT SUSPENDE MARCÃO DO POVO QUE PROPÔS CAMPO DE CONCENTRAÇÃO PARA DOENTES

Nenhum comentário

O apresentador Marcão do Povo, âncora do programa ‘Primeiro Impacto‘, do SBT, causou polêmica ao sugerir a criação de um ‘campo de concentração’ para isolar os casos confirmados de pessoas infectadas com o novo coronavírus. Após a repercussão, o SBT, que chegou a defender o apresentador citando a liberdade de expressão, resolveu suspender por tempo indeterminado, o apresentador de suas funções na emissora. Com a decisão, o telejornal matinal será dividido entre Dudu Camargo e Márcia Dantas, também titulares do jornalístico. 

Em sua fala polêmica, o jornalista sugeriu: "Não seria interessante pegar, por exemplo, montar um campo de concentração, com equipamentos sofisticados, com os melhores profissionais e colocar essas pessoas com problemas e sintomas…". O contratado do SBT também criticou a verba destinada aos estados no combate ao coronavírus: "E acaba também de ter que espalhar dinheiro pros estados. Esse negócio de vários governadores que nem sequer um caso foi comprovado e o estado decretou calamidade. O estado tem necessidade de decretar calamidade? Não tem!”. 

O apresentador ainda pediu ao presidente Jair Bolsonaro que publicasse um decreto dando poderes ao Exército de policiar as ruas e prender os governadores que não cumprirem as regras impostas. 

“O senhor [Jair Bolsonaro] é o presidente da República, dá um decreto, põe o exército nas ruas, e aí o governador que descumprir… cana. Monta um campo, um local adequado e trata as pessoas lá. Os comércios abre e funcionam tudo normalmente, para não ter esse negócio de espalhar dinheiro e todo mundo estar vivendo desse jeito”, continuou.

Por fim, ele voltou a enfatizar a sugestão: “É uma ideia que eu tô dando, a população pode concordar ou não concordar, o Presidente pode acatar ou não acatar. Eu acho que vai voltar a tudo ao normal, ‘vamo’ voltar todo mundo a trabalhar, a vida vai seguir. É uma ideia, fica a dica!”.

Em nota assinada pela diretoria da emissora, o SBT pediu desculpas pelo comentário de Marcão. "Sinceramente lamentamos que o apresentador tenha usado nossa plataforma de modo que contraria tão profundamente os nossos princípios. A todos que de alguma forma possam ter se ofendido ou mesmo se indignado com as opiniões pessoais do apresentador, nossas mais sinceras desculpas.".


Abaixo, a íntegra da nota divulgada pelo SBT 

"Ontem, durante a exibição do programa jornalístico Primeiro Impacto, o apresentador Marcos Paulo Ribeiro de Morais, popularmente conhecido como Marcão do Povo, se utilizou do espaço em nosso jornal para expressar uma opinião de cunho pessoal que dizia respeito ao tema tão delicado que o mundo e nosso país atravessam: a COVID-19. Gostaríamos de esclarecer ao público, às autoridades, àqueles que estão na linha de frente ao combate incessante da pandemia e, em especial, às pessoas vitimadas, que de forma alguma a opinião expressada pelo apresentador reflete o pensamento, a atitude e o respeito que a emissora tem pelo momento atual.

Temos total consciência da relevância do assunto e temos, a todo momento, nos preocupado em informar e esclarecer de forma isenta e imparcial os acontecimentos e as providências que as autoridades e todos brasileiros estão adotando para vencermos essa enorme crise de saúde já presente, e a econômica que se avizinha. Desta forma, sinceramente lamentamos que o apresentador tenha usado nossa plataforma de modo que contraria tão profundamente os nossos princípios. A todos que de alguma forma possam ter se ofendido ou mesmo se indignado com as opiniões pessoais do apresentador, nossas mais sinceras desculpas.

Nossos profissionais de Jornalismo seguirão na dura missão de bem informar, sempre preocupados com o bem estar de todos os brasileiros. O apresentador foi suspenso de suas funções. Respeitosamente, A Diretoria".

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS: 








Nenhum comentário

Postar um comentário