Autoridades divergem sobre data do GP da Áustria de Fórmula 1

Nenhum comentário
(Foto: Divulgação/Renault)

Por Redação Blog do Esporte


O ministro e o chanceler da Áustria divergem sobre a manutenção da data do GP da Áustria de Fórmula 1, marcado inicialmente para o dia 5 de julho, no circuito de Spielberg. O ministro do Esporte, Werner Kogler, acredita na realização do GP na data original.

“Apesar do fato de eu não ser responsável, ainda acho que uma corrida é possível. Os organizadores precisam saber que precisam cumprir todos os regulamentos de saúde e segurança; quando estiverem prontos, é uma opção”, disse em entrevista ao jornal “Kleine Zeitung”.

No entanto, o chanceler do país, Sebastian Kurz, acredita que a Áustria deverá ficar todo o verão sem eventos com aglomeração de pessoas.

“Não haverá eventos na Áustria pelo menos até o final de junho e provavelmente nem todo o verão. Tomaremos essa decisão no final de abril. Até casamentos estão incluídos”, disse ele à TV estatal ORF.

O calendário da Fórmula 1 em 2020 já sofreu muitas mudanças devido a pandemia do coronavírus. Os GPs da Austrália e Mônaco foram cancelados, enquanto os eventos de Barein, Vietnã, China, Holanda, Espanha, Azerbaijão e Canadá estão adiados.

A organização da F1 disse que a temporada deve começar em julho com portões fechados nos autódromos, com o objetivo de promover o maior número possível de corridas em 2020.

Também nesta semana, a Fórmula 1 e as equipes acertaram uma redução no teto orçamentário que passará a vigorar a partir de 2021. Em vez de US$ 175 milhões (cerca de R$ 925 milhões), o limite será de 150 milhões (aproximadamente R$ 792 milhões).


Nenhum comentário

Postar um comentário