Papo de Torcedor INTER - Bolas na trave e pancadaria

0
Olá torcida colorada, bem-vinda a mais um Papo de Torcedor Inter, aqui no Jovens Cronistas, para repercutirmos o Grenal 424, pela 2ª rodada do Grupo E da Libertadores. Jogando na Arena OAS, o time do Inter jogou com postura ofensiva e dominou as ações no 1° tempo. No 2° tempo o jogo foi equilibrado, o Inter chutou duas bolas na trave, com Edenilson e Boschilia. Depois infelizmente tivemos uma grande confusão na partida, com 8 expulsões e depois disso o Grêmio teve duas boas oportunidades na partida, mas o 0 a 0 foi o resultado.

Foto: Ricardo Duarte

O Inter foi a campo com Marcelo Lomba; Rodinei, Bruno Fuchs, Cuesta e Uendel (Moisés); Musto; Marcos Guilherme, Edenilson e Boschilia; Thiago Galhardo (D'Alessandro) e Guerrero (Rodrigo Lindoso). O técnico Eduardo Coudet, mandou a mesma equipe a campo que venceu a Universidad Católica na 1ª rodada, mostrando que este será seu modelo de jogo para a temporada, com um time veloz e com imposição de jogo, jogando onde estiver, no 4-1-3-2.

Foto: Ricardo Duarte

No primeiro tempo, aos 3 minutos, Alisson cobrou escanteio da direita, Diego Souza cabeceou e Marcelo Lomba defendeu. Aos 12, Edenilson chutou da intermediária e Vanderlei defendeu. Aos 32, o Inter teve a melhor chance do 1° tempo, Guerrero, tocou na esquerda para Boschilia, que avançou com bola, invadiu a área e chutou de cavadinha, para fora. Aos 42, Marcos Guilherme avançou em contra-ataque pela esquerda e tocou para Boschilia, que de frente para o gol, acabou desarmado por Maicon, na hora da finalização.

Foto: Ricardo Duarte

No segundo tempo, aos 15 minutos, Guerrero chegou a marcar, após passe de Edenilson, mas estava impedido. Aos 18, Jean Pyerre chutou da intermediária e Marcelo Lomba defendeu. Aos 23, Edenilson chutou da intermediária e a bola bateu na trave. Aos 25, Pepê fez grande jogada, invadiu a área e chutou fraco, para defesa de Marcelo Lomba. Aos 34, Guerrero tocou na direita para Boschilia, que invadiu a área e chutou a bola na trave, a 2ª do Inter na partida. Aos 38, Bruno Fuchs errou na saída de bola e deu a bola nos pés de Everton, que avançou em velocidade e tocou para Luciano, que saiu na cara do gol, mas chutou para fora. 

Tudo seguia nesta grande partida, até que aos 40 minutos, Moisés cometeu uma falta em Pepê, que quis ir para cima do jogador colorado, depois Luciano chegou empurrando Moisés e Edenilson pegou-o do pescoço e aí começou toda uma confusão, que fez com que tivéssemos expulsos inicialmente, estes 4 jogadores. Sendo Edenilson e Moisés pelo lado do Inter e Pepê e Luciano pelo Grêmio.

Imagem
Foto: Edaurdo Deconto / Globoesporte.com

Mas quando pensava-se que tudo ia acalmar, Paulo Miranda e Caio Henrique, surtaram e resolveram continuar a confusão e aí a pancadaria foi generalizada, tendo assim estes dois jogadores expulsos, assim como Cuesta, que para mim foi expulso injustamente, pois quem dá o encontrão em Caio Henrique é Sarrafiore e Praxades pelo lado do Inter. Assim tivemos um total de 8 expulsos.

Com 8 jogadores para cada equipe em campo, depois de 12 minutos de paralisação, pois 2 dos 8 expulsos estavam no banco de reservas, o Grêmio quase abriu o placar em duas oportunidades. Aos 54, Geromel chutou da intermediária, sobre o gol e aos 59, Victor Ferraz tocou para Lucas Silva, que chutou e a bola bateu no travessão e o 0 a 0 foi o resultado.

Foto: Ricardo Duarte

Eduardo Coudet mostrou coragem, bem diferente de uma serie de treinadores anteriores do Internacional e jogou ofensivamente, em plena Arena OAS e mostrou que o time do Inter tem condições sim, de jogar de igual para igual contra qualquer adversário, independentemente do local. O Inter teve as melhores oportunidades e uma pena termos as duas bolas a terem batido na trave.

Boschilia teve as duas grandes oportunidades da partida, uma em cada etapa e uma pena não ter convertido ao menos uma destas chances em gol. Na do primeiro tempo, se ele toca para Guerrero, a chance de gol seria enorme e na segunda, faltou sorte, pois a bola beijou caprichosamente a trave. 

O Inter dominou a partida no 1° tempo e no 2° tempo o jogo foi equilibrado, pois o Grêmio melhorou após as alterações, mas as chances foram dos dois times. O Inter só acabou sofrendo, após a serie de expulsões, muito por boa parte do sistema defensivo do Inter, ter sido expulso da partida. Pelas circunstâncias, o 0 a 0 acabou justo. Mas foi bom ver o Inter ser protagonista da maior parte da partida. 

Sobre as expulsões, o prejuízo para o Inter é enorme, pois perdemos dois jogadores do sistema defensivo, Cuesta e Moisés e Edenilson, que é motor do time e voltou a ter boas atuações, jogando centralizado e com liberdade no 4-1-3-2. Coudet agora terá tempo para repensar o time para a próxima partida, pois ainda temos mais dois desfalques por 3 cartões amarelos, que serão Musto e Marcos Guilherme. 

Com o empate o Inter chega a 4 pontos e lidera o Grupo E. Na próxima rodada, ainda sem data definida, pois a Libertadores esta paralisada, devido ao coronavírus, o Inter enfrentará o América de Cali no Beira-Rio. Pelo Campeonato Gaúcho, o Inter enfrenta no domingo (15), o São José na grama sintética do estádio Francisco Noveletto. Deveremos ir a campo com força máxima, com os jogadores que estiverem em plenas condições, e a partida ocorrerá sem torcida, devido também ao coronavírus. Para encerrar, mais uma vez, como é bom ver o time do Inter jogar um bom futebol, com postura ofensiva, propondo o jogo, independentemente do local da partida.



Se inscreva em nossos canais no Youtube: TV Jovens Cronistas e confira nosso novo canal exclusivo de esportes, o JC Esportes e nossos conteúdos esportivos, dê sua opinião que é fundamental, seu like e divulgue para os amigos! 

Curta nossa página no Facebook: Jovens Cronistas!, siga-nos no Insta: @jcronistas 





Tags

Postar um comentário

0Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.
Postar um comentário (0)

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Learn More
Accept !