Sadio Mané: Para que quero dez Ferraris e dois aviões? Posso ajudar as pessoas!

Nenhum comentário
Sadio Mané não esquece os tempos de pobreza na infância

A vida de pobreza pode ter ficado para trás, mas Sadio Mané não se esquece desses tempos.


"Para que quero dez Ferraris, 20 relógios com diamantes e dois aviões? O que faria isso pelo mundo? Eu passei fome, trabalhei no campo, joguei descalço e não fui à escola. Hoje posso ajudar as pessoas. Prefiro construir escolas e dar comida ou roupa às pessoas pobres", afirmou o jogador do Liverpool em entrevista.


"Construímos escolas, um estádio, damos roupas, sapatos, comida às pessoas que vivem em pobreza extrema. Dou 70 euros por mês a todas as pessoas de uma região extremamente pobre do Senegal, o que ajuda na economia familiar", explicou Sadio Mané.


"Não preciso de exibir carros de luxo, casas luxuosas, viagens e até aviões. Prefiro que a minha gente receba um bocadinho do que a vida me deu." 

Fonte: Mais Futebol

Gostou do nosso conteúdo? Então curta a nossa página no Facebook comente e compartilhe em suas redes sociais para que outras pessoas também leiam e conheçam o nosso trabalho!







Nenhum comentário

Postar um comentário