Sub-20: Real e Vilhenense decidem quem vai a Copa SP

Nenhum comentário
Mais uma vez a vaga da Copa SP, e da Copa do Brasil Sub-20 fica com o interior do estado. O primeiro finalista foi conhecido à noite de sábado(10), no Portal da Amazônia quando o Vilhenense após empatar em 1 a 1 contra o PVH EC, acabou ganhando nos pênaltis por 5 a 4. 

Aliás, as duas equipes protagonizaram um bom jogo de futebol, não fora a interferência de um "segurança" da equipe mandante que provocou pânico e, até AMEAÇA DE MORTE em desfavor do treinador do PVH EC Sr. Luciano da Silva Mattos. Fato acontecido por volta dos 40 min do segundo tempo, quando a partida estava em 1 a 1 e o PVH EC a ponto de virar o placar.

Como não temos conhecimento da súmula, estamos repassando trechos do B.O. nº  142682/2019, registrado na 1ª DPC - Vilhena, onde o APC Lusmar Farias de Castro relata:

"Às 23h do dia 10/08/2019, compareceu nesta UNISP a vítima supra qualificada, relatando que é treinador de futebol, categoria Sub-20 da equipe Porto Velho Esporte Clube, e nesta data jogavam no estádio Portal da Amazônia contra o time da casa Vilhenense Esportivo Club..., que em determinado momento da partida, a vítima passou a ser hostilizada pelo segurança particular, depois identificado pela alcunha de "GRILO", com palavras ameaçadora tais como: "eu vou acabar com você"...,

..., "já tenho oitenta processos, e oitenta e hum não faz diferença, vou atirar em você". Tal fato se deu porque o filho do "GRILO" estava jogando pelo tima da casa.

Vale ressaltar que o citado "GRILO" é SGT/PM está na ativa, e portanto, não poderia está como "segurança particular" de uma equipe de futebol.

O outro jogo do Sub-20 foi entre: Real Ariquemes e Guaporé FC, disputado à tarde deste domingo(11), dia dos pais. Pelo clássico placar de 3 a 0 em favor do Real, tem-se a impressão de que foi tudo tranquilo no dia do aniversário do presidente Chico Pinheiro.

Patrick abriu o placar no meio do 1º tempo, Leonardo ampliou no início do 2º tempo, e Pablo fechou a goleada no finalzinho do jogo. O rubro-negro do Vale do Jamari aguarda agora parecer do DCO/FFER para fazer o primeiro jogo da final lá no Portal da Amazônia, e decidir em casa no caldeirão do Valerião.

Pra não dizer que tudo foi flores: recebi agora pouco reclamação por membros da crônica esportiva, sobre o "estrelismo" e a falta de humildade do treinador do Real, quando distratou os poucos, porém, bravos companheiros que, queriam somente ouvir alguns atletas e o próprio técnico. (*)

(*) espaço aberto ao treinador Alessandro Braga. Não ouvi as duas partes.
(Clique para ampliar)


Nenhum comentário

Postar um comentário