Najila Trindade passa mal durante depoimento e pode estar grávida de 2 meses

Nenhum comentário
(Foto: divulgação)
A modelo Najila Trindade prestou depoimento nesta sexta-feira durante quase seis horas na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, no bairro de Santo Amaro, em São Paulo. A autora de denúncia de estupro e agressão contra o jogador Neymar teve dificuldades para falar, interrompeu as respostas várias vezes e, após passar mal, deixou o local carregada e foi levada ao Hospital Cidade Dutra.

Após não comparecer para depor em outras quatro ocasiões, Najila foi à delegacia pela manhã, onde chegou com quase uma hora de atraso. A modelo compareceu à delegacia por volta das 11h55, trazida por um carro da polícia e cercada de segurança. Ela desceu do veículo com o rosto coberto e foi acompanhada tanto por advogados como por testemunhas, como a empregada doméstica.
Durante o depoimento, Najila passou mal, vomitou por duas vezes e alegou está sofrendo enjoo. Ainda segundo ela enquanto esperava atendimento, os sintomas já se apresentam por mais de 8 semanas. Inicialmente a suspeita é de gravidez. Najila saiu carregada da delegacia. Nos depoimentos, Najila entrou em contradição, uma hora afirmou que não teve relação íntima com Neymar sem preservativo, outra hora, afirmou que teve 'a força'.

Najila diz à polícia que íntegra de vídeo com Neymar estava em tablet que foi furtado

Najila Trindade Mendes de Souza disse que o vídeo estaria num tablet dentro de seu apartamento que, segundo ela, foi arrombando na quinta (6). Um minuto deste vídeo já é de conhecimento público. Nele, Najla aparece batendo em Neymar. Nos outros seis minutos, segundo a modelo contou, haveria elementos que comprovariam que o jogador a agrediu no dia anterior.
(Najila saindo da delegacia carregada)
Essa era uma das provas que a polícia queria ter em mãos depois do depoimento desta sexta.Os investigadores também perguntaram se as imagens não estariam guardadas no servidor de alguma empresa de tecnologia. Ela não soube responder. Najila disse que não registrou o furto do tablet porque não sabe ao certo o que foi levado do apartamento. Só deu falta do tablet, de um relógio e de uma quantia em dinheiro que estava numa bolsa.

Um setor da polícia, especializado em encontrar a impressões digitais, analisou as marcas encontradas na porta do apartamento de Najila. Só encontraram impressões digitais dela e da empregada.

Fonte: Mixturando/MeioNorte

Nenhum comentário

Postar um comentário