De olho na liderança da Série B, Rafael Costa projeta sequência de reencontros

Nenhum comentário
(Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo)


Vice-líder da Série B, com um jogo a menos que o primeiro colocado Bragantino, o Botafogo de Ribeirão de Preto soma cinco vitórias e apenas uma derrota na competição, aproveitamento superior ao de 80%.

A duas rodadas da pausa para a Copa América, o Pantera terá uma sequência dura fora de casa. A equipe enfrenta a Ponte Preta e o Figueirense, adversários que o atacante Rafael Costa conhece bem. Isso porque o atleta já vestiu a camisa dos dois clubes alvinegros.

Em 2013, pelo time de Santa Catarina, o jogador disputou 35 jogos, marcou 15 gols e conquistou o acesso à Série A. Já na temporada de 2014, pela equipe paulista, foram 23 partidas, 10 gols e o vice-campeonato da Série B. “São lembranças boas, que ficam guardadas na memória. Espero que assim como foram naquelas duas temporadas, neste ano eu consiga mais um acesso. Até porque agora meu foco está no Botafogo e, tanto a Ponte Preta quanto o Figueirense, são meus adversários. Serão jogos difíceis, contra duas equipes que costumam brigar pelo acesso e são fortes dentro de casa. Mas, assim como eles, nós também estamos em busca do acesso e temos condições de enfrentá-los de igual para igual”, comentou o experiente atacante, que possui quatro acessos à Série A.

O primeiro adversário será a Ponte Preta, amanhã (07), às 21h30. Uma vitória devolve a liderança para o Botafogo. “O mais importante nesse momento é se manter no G-4. Claro que tendo essa oportunidade de continuar na liderança, não queremos desperdiçar. A gente sabe que precisa somar pontos nessas duas rodadas e vamos em busca disso. Temos que jogar com inteligência e aproveitar as oportunidades”, finalizou.

A partida contra o Figueirense, última antes da pausa, acontece na próxima terça-feira (11), às 19h15.


Nenhum comentário

Postar um comentário