Após prestar depoimento, Neymar agradece apoio: "Me senti muito amado"

Nenhum comentário
Foto: Reprodução
Por 1h40 minutos, o jogador Neymar prestou depoimento em uma delegacia da Cidade da Polícia, na Zona Norte do Rio, sobre a divulgação de imagens íntimas da modelo Najila Trindade, após ela o acusar de estupro. O atleta nega a acusação.

Najila deu queixa de estupro contra Neymar e a investigação é feita por uma delegacia de São Paulo, onde a suposta vítima fez o registro. Neymar não respondeu a perguntas de jornalistas, mas agradeceu pelas manifestações de apoio que tem recebido. "Só quero agradecer todo apoio, a mensagem que todo mundo mandou, meus amigos, fãs, todo mundo que está acompanhando. Só agradecer, obrigado pelo carinho, e dizer que me senti muito amado, então é só agradecer o carinho de todos", disse ele, ao deixar a delegacia, por volta das 20h45.

Maíra Fernandes, a advogada do jogador, disse que o "processo é sigiloso", mas que Neymar prestou os esclarecimentos necessários. "Nós viemos prestar depoimento para esclarecer tudo que era devido. Confiamos plenamente que vamos provar a inocência do meu cliente. O processo é sigiloso, mas ele prestou todos os esclarecimentos que eram devidos. Assim que possível iremos agendar o depoimento de São Paulo”, disse a advogada.

Neymar entrou na Delegacia de Repressão de Crimes de Informática (DRCI) às 19h15. Ao entrar na delegacia, o jogador apenas agradeceu pelo apoio de dezenas de crianças que estavam na porta e gritaram que ele era "inocente": "Obrigado", disse.





Nenhum comentário

Postar um comentário